Goiás privilegiado por natureza

“Goiás, privilegiado por natureza, destaca-se por sua riqueza geográfica, climática e recursos naturais, impulsionando o desenvolvimento sustentável e a diversidade econômica.”

Coração do Brasil: Geograficamente privilegiado

O Estado de Goiás destaca-se por uma série de vantagens naturais e estratégicas que impulsionam seu desenvolvimento econômico e sustentável. Geograficamente privilegiado, encontra-se no coração do Brasil, favorecendo a logística e as conexões com outros estados e regiões. Seu vasto território abriga uma diversidade climática propícia para diferentes atividades agrícolas e pecuárias.

Recursos naturais

Goiás é dotado de importantes recursos naturais, como usinas hidrelétricas em funcionamento, contribuindo para a matriz energética do país. A riqueza mineral do estado também desempenha um papel crucial em sua economia, com destaque para a produção de minérios.

Cenário Internacional

No cenário internacional, Goiás mantém relações comerciais robustas, exportando uma variedade de produtos que vão desde commodities agrícolas até produtos manufaturados. Sua rica fauna e flora, caracterizadas pela biodiversidade única do Cerrado, reforçam a importância da preservação ambiental e do ecoturismo na região.

Logistica

A estratégica localização do consórcio Brasil Central fortalece a cooperação entre os estados da região, visando o desenvolvimento conjunto e a ampliação das oportunidades comerciais. O eixo Goiânia-Anápolis-Brasília, por sua vez, emerge como um hub logístico e industrial, facilitando a integração econômica e potencializando investimentos em infraestrutura.

Goiás em números

Em novembro de 2023, a Balança Comercial do Estado de Goiás teve saldo positivo de US$ 563 milhões, apresentando valores (em dólares – FOB) de exportação de US$ 1,034 bilhão e de US$ 471 milhões de importação.

O período analisado foi de setembro de 2022 a agosto de 2023. O avanço se deve, prioritariamente, ao crescimento da agropecuária (16,5%), seguido por serviços (3,6%) e indústria (3,4%).

Em Goiás, a produção de etanol anidro de cana deve crescer 26,3% na Safra 2022/2023 e chegar a 1,2 bilhão de litros. Já a produção de etanol hidratado tem perspectiva de aumento de 0,9%, em relação à safra anterior, alcançando 3,6 bilhões de litros.

1º lugar produção nacional de níquel (38,1mil t), vermiculita (16,3 mil t) e cobre (252,8 mil t)

As lavouras goianas confirmaram a previsão de recorde e fecharam o ciclo 2022/2023 com uma produção total estimada em 32,6 milhões de toneladas de grãos.

4º maior polo farmacêutico do Brasil, 3% da indústria farmacêutica nacional e 2º maior produtor de genéricos.

Em suma, Goiás se destaca não apenas por suas riquezas naturais, mas também por sua visão estratégica, consolidando-se como um ator chave no contexto nacional, impulsionando o crescimento sustentável e a diversificação econômica da região.